• Orquestra Sinfônica Brasileira

Segundo espetáculo da série “A OSB do Brasil” acontece nos dias 23 e e 24 de setembro

Desta vez, a Região Sul do país ganha destaque na série que celebra a cultura popular brasileira. Apresentações serão no Teatro Riachuelo




A Região Sul é a próxima a ter sua cultura celebrada na Série A OSB do Brasil. Nos dias 23 e 24 de setembro, o palco do Teatro Riachuelo Rio recebe o segundo espetáculo do ciclo em que a Orquestra Sinfônica Brasileira reverencia o folclore e a cultura popular do país. Os músicos Renato Borghetti (gaita) e Daniel Sá (violão) e a cantora Ana Paula da Silva são os convidados especiais da apresentação, que contará com a condução do maestro Tobias Volkmann. A série “A OSB do Brasil” tem patrocínio do Bradesco.





A Série A OSB do Brasil, que estreou no início de setembro homenageando o Sudeste, é composta por cinco espetáculos inéditos concebidos para celebrar a cultura popular de cada região do país. As riquezas musicais dessas localidades são retratadas em arranjos sinfônicos criados especialmente para a série e interpretados pela Orquestra Sinfônica Brasileira. ngelo Martins e Mateus Araújo assinam os arranjos do repertório dedicado à Região Sul.

Realizados no mês em que se celebra o início da Revolução Farroupilha e o Dia do Gaúcho, a Região Sul ganha destaque no palco do Teatro Riachuelo. No primeiro bloco do espetáculo, dedicado ao folclore rural, a OSB interpretará músicas tradicionais, passando pelos principais ritmos da região. Fandango Caiçara, Boi de Mamão, Chula e Chamamé são alguns deles.

No segundo bloco, que acordará o folclore urbano, artistas representativos da região dividem o palco com a OSB. O aclamado instrumentista Renato Borghetti, ícone da música gaúcha, o violonista Daniel Sá e a cantora Ana Paula da Silva são os convidados nas duas noites.

Além da música, as apresentações também contam com outras manifestações artísticas. Logo no início de cada espetáculo, textos de mulheres poetas brasileiras, que vão da literatura tradicional de cordel a Cora Coralina, são recitados na voz de Zezé Motta. A linguagem audiovisual também é explorada, por meio de video mapping, que levará ao palco referências imagéticas de cada região. Com direção de Vitor Souza Lima, os vídeos funcionam como um complemento à narrativa orquestral. A Série A OSB do Brasil tem curadoria musical colaborativa da Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira em parceria com o maestro Eduardo Pereira.

“Os espetáculos da série são mais do que uma programação artística, já que as artes podem ser formas de resistência, representação e pertencimento. Uma de nossas missões, enquanto instituição, é jogar luz sobre a cultura do nosso país, os saberes e as tradições das raízes do povo brasileiro”, explica a Vice-Presidente Executiva da Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira, Ana Flávia Cabral Souza Leite.

Demais regiões serão celebradas em espetáculos até dezembro


A Região Centro-Oeste é o tema dos eventos dos dias 4 e 5 de outubro. A violeira Carol Carneiro se junta à Orquestra Sinfônica Brasileira, no programa que contará com a regência do maestro Eduardo Pereira. No repertório, clássicos da música caipira e do chamamé, reverenciando também as danças típicas e cantigas de roda.


Nos dias 16 e 17 de novembro é a vez das riquezas da Região Norte invadirem a série “A OSB do Brasil”. Três das principais vozes do Festival Folclórico de Parintins, os levantadores de toadas Patrick Araújo, David Assayag e Márcia Siqueira serão as participações especiais no espetáculo que contará com regência do maestro Luiz Fernando Malheiro.


A Região Nordeste fecha a série, com as apresentações dos dias 7 e 8 de dezembro. Regida por Lanfranco Marcelletti, a OSB dividirá o palco com Maestro Spok e Elba Ramalho, acompanhada do violeiro Marcos Arcanjo e do sanfoneiro Rafael Meninão.


Podcast, e-book infantil, EP e minidocumentário são subprodutos da série e serão lançados paralelamente


A experiência “A OSB do Brasil” também pode ser vivida fora da sala de espetáculo. Após cada um dos ciclos, é disponibilizado um episódio do podcast sobre cada realização. Maestros, arranjadores e artistas convidados contam ao público curiosidades dos bastidores e falam sobre o processo criativo.


E o público infantojuvenil também será contemplado pelas ações da série. No dia 12 de outubro, Dia das Crianças, será lançado um e-book sobre os gêneros folclóricos celebrados na série de espetáculos. Com dramaturgia de Daniela Fossaluza e Fábio Sombra, o material também ganhará versão em audiobook, com elaborados efeitos sonoros a ser lançado gratuitamente nas principais plataformas de streaming de áudio.


Tanto o podcast como o e-book possuem caráter educativo, focado na pesquisa sobre a cultura folclórica, e realizam um desejo antigo da instituição: levar o “Conexões Musicais”, projeto social e educacional da FOSB, para dentro da temporada artística.


Em dezembro, será lançado, também nas plataformas de streaming de áudio, um EP com cinco faixas gravadas ao vivo, uma em cada espetáculo, além de um minidocumentário com bastidores e entrevistas sobre todo o processo de realização da série.


PROGRAMA

Obras folclóricas da Região Sul.


SERVIÇO

A OSB do Brasil – Região Sul

Orquestra Sinfônica Brasileira

Tobias Volkmann, regência

Participações Especiais: Renato Borghetti (gaita), Daniel Sá (violão) e Ana Paula da Silva (voz)

Dias 23 e 24 de setembro de 2021

Horário: 19h

Local: Teatro Riachuelo (Rua do Passeio, 38/40 – Centro – Rio de Janeiro)


INGRESSOS

Plateia Vip – R$ 80,00

Plateia e balcão nobre – R$ 70,00

Balcão simples – R$ 50,00

Capacidade: 430 pessoas

Classificação etária: Livre


MAIS INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA

Érica Avelar

(21) 98119-4559 / 3596-7941

erica.avelar@gmail.com

todas as notícias da orquestra